Espaço Reiki Cleia

Reiki - Tarot - Espiritualidade

Tarot - Arcanos Maiores

 

 

 

 A História do Tarot

 

 

 

 

O Tarot e as suas origens estão envoltas em mistério e abertas à especulação. Há quem defenda que as cartas derivam dos livros sagrados do Antigo Egipto. Pensa-se, por outro lado, que tenham sido originárias na Índia ou na China e que foram trazidas pelos ciganos para a Europa. Detectam-se no Tarot símbolos que se pensa conterem os segredos do Universo e a chave da natureza humana e influências das religiões Gregas e das filosofias Árabes e Indianas, assim como da Cabala Judaica.
Há documentos que comprovam serem as cartas de jogar já conhecidas na Bélgica em 1379.


Feliciano Bussi na sua historia de “Viterbo” refere o uso de baralho de cartas em 1379, vindo através dos sarracenos e ao qual se dá-se o nome de naib. Em Espanha, no ano de 1367, encontramos também esse tipo de cartas descritas com o nome de naipe. Pensa-se que a palavra naipe tenha surgido da palavra flamenga knaep, palavra esta derivada de papel.
Wurzburg, um bispo alemão, em 1329 proibiu durante uma pastoral tantos os monges como as freiras da sua diocese de jogarem às cartas.
Vindas de Espanha, as cartas são levadas para a Itália, sendo encontradas em Veneza pela primeira vez em 1545.

Assim, podemos dizer que o jogo do Tarot é um misto do jogo naib e o baralho de cartas comum.


A Court de Gebelin, defende que os símbolos do Tarot derivam das imagens iniciáticas dos sacerdotes Egípcios, cujas figuras eram pintadas em duas fileiras nas paredes das galerias subterrâneas na grande pirâmide Gigé. Advoga ainda que, provavelmente, teriam vindo para a Europa trazidas através dos ciganos, que as utilizavam para ler a sorte, na sua arte adivinhatória, cujo nome era uma forma alterada da palavra “Egípcios”. No entanto, as cartas de Tarot também poderão ter sido trazidas pelos Cruzados, no regresso da Terra Santa no século XIV. Há quem defenda a teoria de que foram os próprios templários a inventar as cartas do Tarot, uma ordem de cavalaria guerreira e asséptica formada por Cruzados por volta do ano de 1118, sob a chefia de Hugh de Payen.
Antoine Court Gebelin, escritor francês, devido ao seu grande fascínio pelas lendas escreveu em 1781: “Pensa-se que toda a sabedoria antiga foi destruída quando a grande biblioteca de Alexandria foi queimada. Não foi, porém, assim. Há um livro, que foi passado de mão em mão, e, com ele, muitos segredo dos antigos. Está escrito em setenta e oito folhas, divididas em cinco secções.”


Ele estava sem dúvida a referir-se ao Tarot. Para Gebelin, as vinte e duas cartas dos Arcanos Maiores representavam os líderes temporais e espirituais da sociedade egípcia antiga. As outras cinquenta e seis cartas eram divididas em quatro naipes, referentes às quatro classes da sociedade do Antigo Egipto. Tanto os reis como os militares ostentavam a espada (naipe de espadas), a taça simbolizava os sacerdotes, (naipe de copas), os paus eram o símbolo correspondente aos agricultores (naipe de paus) e as moedas representavam os comerciantes (naipes de ouros).
O TAROT ao sobreviver ao incêndio da famosa Biblioteca de Alexandria reapareceu em 1781 e duzentos e cinquenta anos depois despertou o interesse renovado. Qual será a mensagem dos arcanos maiores? Será que as imagens dos Arcanos Maiores são representativas de lembranças visuais relacionadas com uma tradição oral? E será possível que Gebelin, nascido na Provença tenha descoberto o segredo delas tão bem guardado?

 


 

 

Ettiella, um dos discípulos de Gebelin, afirmou que “o Tarot original tinha sido escrito em folhas de ouro num tempLo em Mênphis“.
O jogo das cartas comum é provável que tenha surgido a partir do jogo de xadrez, se não levarmos em conta a torre e o cavalo. De facto, verificamos que o jogo de cartas é constituído pelo Rei, Rainha, dois Valetes e os números de cartas equivalentes ao dos peões. Acredita-se que o uso das quatro cores, assim como de Moedas, Taças, Espadas e Paus tenha surgido no século XIV, pelo costume da época de se jogar xadrez a quatro pessoas.


 

 

O Tarot mais antigo que se conhece é o que se encontra no Cabinet de Estampes na Biblioteca Nacional de Paris. Segundo alguns poetas e escritores, este destinava-se à distracção do melancólico Carlos VI de França. Pensa-se que tenha sido encomendado a Jacques Gringonneur que era astrólogo e cabalista. Durante muito tempo pensava-se que pertenciam a este baralho dezassete cartas pintadas sobre velino debruadas a ouro e pintadas a prata, lápis – lazúli e com um pigmento vermelho escuro denominado como (pó de múmia). Actualmente, acredita-se que são italianas e de manufactura mais tardia.


Um dos mais belos jogos de cartas pertenceu a Duce Filippo Maria Viscont e data de 1392, pelo qual pagou mil e quinhentos florins de ouro ao seu secretário, o sábio e pintor Marziano da Tortona. Existem ainda hoje sessenta e sete cartas originais deste jogo muito antigo.
Com o passar do tempo, a apresentação dos emblemas e dos desenhos das cartas alterou-se. Desde que se começou a jogar, o baralho foi composto por vinte e duas cartas, e quatro séries de cores, cada uma delas contendo catorze cartas. O Tarot de Marselha surgiu nos finais do século XV e XVI, alcançando imediatamente um grande destaque entre os sumptuosos jogos, principalmente os que eram pintados à mão por grandes artistas, que geralmente os dedicavam ás famílias mais ilustres como os VISCONTI e SFORZA.


O Tarot de Marselha teve uma grande influência sobre muitos jogos que surgiram nos finais do séc. XVIII e início do séc. XIX, época especialmente apaixonada pelo oculto na qual se deu um grande incremento do TAROT.
O TAROT adquiriu uma forma mais manuseável e mais sólida quando B.P. GRIMAUD lhe fez algumas alterações, sem alterar as suas qualidades intrínsecas. Os cantos tornaram-se mais redondos e as cores mais vivas passando a haver um claro predomínio do AZUL e do VERMELHO.
Paul MARTEAU, o grande mestre das cartas em França, traduziu em 1930, com grande rigor, toda a simbologia do TAROT de MARSELHA e fixou as tonalidades definitivas das cores que permanecem até hoje.


Se a origem do TAROT continua a ser um mistério, não constitui nenhum segredo, o seu extraordinário poder de adivinhação psicológico e espiritual. A sua influência vibratória é comparável a um tratado de psicologia em imagens. Surpreendentemente, permite comunicar, encontrar soluções e prevenir, aprender a aperfeiçoar o auto conhecimento e uma melhor compreensão dos outros. O TAROT não tem o poder de influenciar os acontecimentos, avisa-nos das influências que nos rodeiam para que, com conhecimento de causa e total “livre -arbítrio”, possamos decidir sobre o nosso futuro.


O TAROT não nos obriga a nada, indica-nos apenas caminhos que nós podemos seguir ou não, de acordo exclusivamente com a nossa vontade. Somos inteiramente responsáveis pelas nossas decisões, nunca devemos esquecer de que toda a acção leva a uma reacção.

 

 

 

História do tarot

Rider-Waite  

 

 

 

 

 

 

 

 

O tarot Waite deck-Rider é o mais popular e mais utilizado de todos os baralhos de tarot. A maioria das pessoas que estão aprendendo o tarot escolher começar com o baralho de tarot Waite-Rider, e a maioria dos "veteranos" costumam ter um em sua coleção dos pavimentos. Livros que oferecem instrução sobre tarot geralmente seguem o simbolismo retratado no baralho Rider-Waite.

O "Waite" no Tarot Rider-Waite refere-se a Arthur Edward Waite (1857-1941). Waite nasceu na América, criado na Inglaterra, e estava profundamente interessado em todos os assuntos de natureza ocultista. Ele era um membro (mais tarde Grand Master) da Ordem Hermética da Golden Dawn, um de cujos fundadores era Samuel McGregor Mathers e cujos membros incluíam o famoso poeta irlandês William Butler Yeats e infame mago Aleister Crowley.

 

 

Pamela Colman Smith também foi membro da Ordem Hermética da Golden Dawn, e ela é o artista que realmente projetado (s

ob a orientação Waite), o baralho de tarô conhecidos hoje como o tarot Rider-Waite.Numerosos baralhos de tarô existiam antes da introdução do tarô Rider-Waite e alguns, como os Sforza Visconti deck Tarocchi do século 15 e do Tarot de Marselha, permanecem nos dias de hoje. O que fez o tarot Waite deck-Rider tais uma melhoria ao longo destes decks anterior era de que todas as 78 cartas foram ilustrados, não apenas os 22 arcanos maiores e (em alguns casos) os quatro ases.

 

 

 

 Arcano 0 – O Louco

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Entusiasmo afectivo momentâneo                                

Ø  Ímpeto e imprudência

Ø  Ingenuidade

Ø  Integridade

Ø  Inconsciência

Expressões-Chave:

Ø  Avança instintivamente rumo ao misterioso

Ø  O constante optimista

Ø  Encara a vida à medida que avança no seu caminho

Ø  Natural e descontraído

Factores Sentimentais:

Pode indicar pequenas paixões passageiras ou diversões curtas

Factores Materiais:

Precipitação em compras supérfluas ou gastos elevados em aquisições mal reflectidas.

 

Factores Mentais:

Coragem para recomeçar. Situação de Imaturidade e Irresponsabilidade.

 

Significado da carta O Louco

A carta O Louco está normalmente associada a novos começos, imprudência, impulsos e aventuras  relacionadas com a vida. Normalmente representa o despertar de aventura do seu “eu” interior, a sua vontade de libertar-se e atirar-se para o desconhecido sem temores.

Esta carta está sempre associada ao imprevisível, ao facto de nem tudo na vida dever ser reflectido e que também existe espaço para a irreflexão e inconsciência das suas acções.

Esta carta poderá significar uma fase da sua vida actual em que não irá ouvir os conselhos de ninguém, a não ser de si próprio, não significando necessariamente arrogância, mas sim a vontade de procurar respostas rápidas ou de passar por novas experiências sem olhar a consequências actuais ou futuras.

Esta carta sugere também a possibilidade de irresponsabilidade no âmbito profissional ou amoroso, podendo estar a correr a passos largos para um desgosto profissional ou amoroso.

O Louco pode estar a avisá-lo que está com uma tendência para a imprudência e que deve ter cuidado para tentar evitar problemas de consciência e irreflexão, mas apenas quando estiver realmente indeciso com algo, pois caso contrário estará a reflectir a sua necessidade de liberdade e a sua necessidade de acreditar em si próprio para executar as suas acções. Caso esta carta seja lançada numa posição futura, poderá significar que se irá dar um novo começo no seu caminho ou talvez uma mudança de prioridades na sua vida.

 

 

 Arcano I – O Mago

Palavras-Chave:

Ø  Diligência

Ø  Persistência

Ø  Percepção

Ø  Auto-consciência

Expressões-Chave:

Ø  Habilidade de concretização

Ø  Consciencialização do seu potencial

Ø  Concentração dos objectivos a atingir

Ø  Força de vontade para atingir desígnios

Factores Sentimentais:

Vontade de criação de algo novo. Surgimento de novos sentimentos e emoções.

Factores Materiais:

Novos empenhos e metas materiais a atingir. Demanda esforço e talento para ter sucesso.

Factores Mentais:

Surgimento de novas ideias, favorecimento da criatividade e planeamento.

 

Significado da carta O Mago

A carta O Mago tem a capacidade de efectuar a ponte entre o “eu” interior e o seu “eu” exterior, reflectindo o seu inconsciente nas suas acções conscientes.

A carta O Mago está normalmente associada a novos empreendimentos, utilização dos seus talentos de comunicação e capacidade de aprendizagem para poder realizar os seus objectivos aparentemente impossíveis. Esta carta “chama” por conhecimento, astúcia e força de vontade para a execução dos seus empreendimentos.

Os seus princípios criativos e a sua diligência admitem a habilidade de concretização e consciencialização do seu potencial.

Esta carta representa também a sua capacidade de efectuar escolhas que culminem no aperfeiçoamento do seu máximo potencial.

O Mago adverte no entanto para que tenha cuidado, pois o sucesso pode-lhe turvar a visão fazendo-o pensar que tem a resposta para tudo. Desde que os seus limites não saiam do seu campo de visão irá ser bem sucedido nos seus empreendimentos.

O Mago incentiva-o a lutar pelo que quer, se for ao nível de negócios irá conseguir acordos e parcerias admiráveis, se for ao nível de relacionamentos, pode exprimir a sua energia sexual e ao nível da saúde poderá arranjar soluções para problemas que outros não conseguiram ou força de vontade para lutar contra uma doença.

No geral, representa a convergência, simplicidade e impulsividade.

 

 

 

Arcano II – A Papisa

 

Palavras-Chave:

Ø  Sigilo

Ø  Paixões ocultas

Ø  Causas ocultas

Ø  Mistério

Ø  Inconsciência

Expressões-Chave:

Ø  Confiar no seu instinto

Ø  Ver para além do evidente

Ø  Necessidade de divulgar segredos

Factores Sentimentais:

Pessoa reservada e que sofre em silêncio sem revelar os seus segredos

Factores Materiais:

Presença de novos empreendimentos, mas com alguma falta de talento

Factores Mentais: Pessoa com necessidade de se resguardar dos comentários externos, revelando uma necessidade de manter sigilo sobre muitos assuntos interiores

 

Significado da carta A Papisa

A carta A Papisa é a representação simbólica do incógnito, que tudo é visível mas que nada se descobre. É a barreira que interliga o mundo consciente e o inconsciente e que alberga os seus segredos.

Quando esta carta é sorteada na posição Presente, significa frequentemente que você deve auto-analisar-se de forma a desbloquear as suas recordações, potenciar as suas capacidades ocultas e seguir os seus instintos ao longo do seu caminho.

Tente abstrair-se do aparente da sua vida, tente retirar o superficial e ver para além do que é evidente, tente visualizar de uma forma mais profunda o significado que a carta representa para si.

Se a carta sorteada se encontrar na posição Obstáculo então poderá significar o receio de se encontrar a si próprio, talvez o medo de admitir os seus sentimentos perante algo, ou receio de se recordar de algo traumático que lhe tenha acontecido.

Nesse caso deverá usar a sua intuição para o guiar, e antes de mais, admitir os seus sentimentos perante si próprio pois só assim poderá alcançar a verdade e paz que deseja.

Se a carta lançada for do tipo Resultado, então significará que brevemente irão ser-lhe desvendados segredos misteriosos, talvez do seu “eu” interior, ou do universo que o rodeia.

Caso a carta lançada for relacionada com o Passado então provavelmente terá que fazer uma “viagem ao passado”, tente fazer uma introspecção das suas recordações, algo que tenha acontecido ou que tenha sido dito no passado poderá resolver-lhe a questão que colocou.

 

 

 

Arcano III – A Imperatriz

 

Palavras-Chave:

Ø  Progresso

Ø  Actividade

Ø  Sensualidade

Ø  Intuição Materna

Ø  Concretização    

Ø  Realização

Expressões-Chave:

Ø  Vida gira em torno do engenho e perfeição

Ø  Tendência para excentricidades

Factores Sentimentais:

Forte probabilidade de se realizarem alguns desejos

Factores Materiais:

Avizinham-se bons momentos monetários

Factores Mentais:

Este ciclo promete uma boa recepção a novas ideias e uma capacidade elevada de raciocínio em relação aos seus diversos problemas.

 

Significado da carta A Imperatriz

A carta A Imperatriz é representada por um simbolismo fortemente feminino, ligado directamente à maternidade com uma tendência para a opulência, criatividade e excentricidade.

Esta carta está também relacionada com uma grande capacidade de trabalho e sacrifício em prol de uma causa, mantendo sempre uma relação com a natureza, as artes e a busca pela perfeição corporal. Na sua pior faceta pode indicar tendência para a ganância, luxúria e vadiagem.

Quando esta carta é lançada na perspectiva Presente pode representar o poder do seu instinto maternal e que existe uma oportunidade favorável para introduzir estabilidade nos seus relacionamentos. Se a carta for lançada na conjuntura de Futuro poderá representar o facto de você ter fortes probabilidades de passar a ter responsabilidades maternais brevemente, em relação a uma pessoa ou um animal.

Também poderá vir a ser influenciada por uma figura maternal, que ajudará a encaminhá-lo no seu percurso.

Ao nível de relacionamentos A Imperatriz sugere que talvez seja necessário estimular a sensualidade do seu parceiro ou parceira. Poderá até assumir um papel maternal em relação a ele ou ela.

Ao nível do progresso e materialismo, A Imperatriz indica-nos que você está muito empenhado na sua situação financeira, mas que é necessário usar a sua criatividade juntamente com a sua capacidade de trabalho para que a situação se torne mais favorável. Se esta carta for lançada na posição Obstáculo então certamente que irá ter problemas devido a uma influência externa feminina na sua vida. Poderá ser uma pretendente ou até mesmo uma intervenção da sua mãe. Esta carta emana força, riqueza e sabedoria.

 

 

Arcano IV – O Imperador

 

Palavras-Chave:

Ø  Domínio

Ø  Figura paternal

Ø  Orientação

Ø  Concretização

Expressões-Chave:

Ø  Determinar normas

Ø  Ideias organizadas

Ø  Limitar-se às regras

Ø  Indiferença às emoções dos outros

Factores Sentimentais:

É normalmente uma pessoa inflexível e intransigente. Devido à necessidade de domínio e autoritarismo torna-se muito ciumenta.

Factores Materiais: Soberania e subjugação caracterizam O Imperador no campo material.

Factores Mentais:

Pessoa com uma organização elevada e que tem dificuldade em aceitar os pareceres de outras pessoas

 

Significado da carta O Imperador

A carta O Imperador é representada por um simbolismo fortemente masculino e autoritário. A sua determinação e postura são fortes potenciadores de uma situação de estabilidade invulgar, o que o faz ambicionar por “voos mais altos” e resolver assuntos com maior eficácia. Representa uma personagem de alto carácter dominante, leal, honesta e protectora. No seu lado negativo esta carta pode indicar ambição desmesurada, violência, insegurança e falta de paciência sem motivo.Aquando de um lançamento, se esta carta estiver na posição Presente, então poderá significar que possui autoridade e que conhece bem os seus objectivos. No que diz respeito a relacionamentos íntimos O Imperador representa a sua vontade de dominância sobre o seu parceiro ou parceira mas que deve ter cuidado e tentar ver as coisas de um ponto de vista mais frio para que os seus sentimentos não lhe ofusquem o raciocínio. Caso esteja a fazer uma tiragem para o Futuro, então esta carta indica que irá sentir-se atraído por alguém com poder e dominância ou que é bem sucedido e tem muita influência. Caso esta carta apareça como Obstáculo, significa que alguém lhe está, ou vai impedir de alcançar os objectivos. A pessoa que lhe está a causar o impedimento poderá também ser uma figura paternal. Se estiver a colocar uma questão ao nível profissional, O Imperador sugere que irá conseguir o que pretende  desde que utilize a sua autodeterminaçao e cumprimento de regras. Este arcano simboliza força, orientação e soberania.

 

 

Arcano V – O Papa

 

Palavras-Chave:

Ø  Leis

Ø  Sabedoria

Ø  Tradição

Ø  Passividade

Ø  Perseverança

Expressões-Chave:

Ø  Partilhar princípios e ideais

Ø  Reconhecer a ordem

Ø  Comportar-se correctamente

Ø  Coacção de terceiros

Factores Sentimentais:

Laços fortes. Ocorrência de um casamento torna-se exequível.

Factores Materiais:

Provável desenvolvimento de uma confraria.

Factores Mentais:

Indivíduo muito inflexível e teimoso

 

Significado da carta O Papa

Esta carta indica competência, alento, masculinidade, elucidação e instrução. Quando esta carta é sorteada, você recebe a informação que tudo poderá ser alcançado pelo meio de trabalho. A sua utilização do conhecimento para o ensino e a aplicação dos seus valores tradicionais nas suas actividades indica que poderá alcançar a sabedoria divina e que o seu “eu” interior poderá ter a indigência de se expor e manifestar. 

Se a sua questão se depreender com questões amorosas, ou apenas de relacionamentos simples, a carta “O Papa” descreve a intervenção de alguma pessoa que está a agir de uma forma convencional e que deve seguir o seu rumo com a ajuda de um conselheiro ou intermediário. Outra possibilidade é o facto de esta carta o estar a avisar que deve ser mais humilde e submeter-se a determinadas regras da sua vida que tem vindo a ignorar. Na posição Passado, esta carta indica que você poderá estar muito agarrado às suas raízes ou acontecimentos passados impedindo-o de aceitar as alterações necessárias para melhorar a sua vida.

Na posição Presente, pode indicar a sua acomodação e falta de vontade para aprender e ouvir as ideias dos que o rodeiam de forma a fazer um melhor juízo dos seus pensamentos e acções. Se O Papa for lançado na situação futura, poderá indicar-lhe a intervenção futura de um conselheiro que o poderá guiar e dar conselhos importantes para as suas decisões acerca do seu caminho espiritual. De uma forma geral, esta carta precipita-o para aceitar melhor os princípios e ideias dos outros, ajudando-o a compreender melhor as influências superiores que intervêm no seu rumo espiritual. Esta carta representa o poder dos princípios e ideais.

 

 

 

Arcano VI – Os Enamorados

 

Palavras-Chave:

Ø  Selecção

Ø  Promessa

Ø  Escolha

Ø  Amor

Ø  Casal

Ø  Desejo

Expressões-Chave:

Ø  A influência do amor

Ø  Significado do amor

Ø  Procura de sintonia

Ø  Manter os seus ideais

Ø  Sintonia carnal

Ø  Desejos apaixonados

Factores Sentimentais:

Amor intenso e fogoso, abundância de sentimentos de felicidade.

Factores Materiais:

Escolher caminhos e efectuar escolhas.

Factores Mentais:

Altura ideal para alargar as suas aptidões psíquicas. Período de incertezas e hesitações.

 

Significado da carta Os Enamorados

A carta Os Enamorados representa o poder de decisão ou a sua vontade própria.

Esta carta é normalmente muito desejada, pois é o maior representante do amor, desejos carnais, harmonia e felicidade.

Esta carta quando surge numa situação negativa, poderá indicar vacilação, pressões externas, ou tensão nos relacionamentos.

Ao surgir na posição Presente, indica-lhe que o seu discernimento está ofuscado pelos seus sentimentos. A palavra de ordem torna-se o amor e não o racional e as suas dúvidas, hesitações e receios são simplesmente ignorados.

Como carta futura, indica-lhe que não terá que esperar muito até que um novo romance entre na sua vida. Também poderá indicar uma futura escolha que terá que fazer em relação a um relacionamento, se será necessário assumir um compromisso ou seguir para outro.

A tentação é também algo presente nesta carta, especialmente na carta futura, pois indica-lhe que você ou o seu parceiro irá sofrer tentações externas que porão à prova o seu relacionamento íntimo.

Seja introspectivo e analise realmente o significado do amor para si, esta consciencialização irá ajudá-lo a conseguir focar melhor o que realmente deseja numa relação. Esta carta diz-lhe que deve definir exactamente o que o amor é para si.

 

 

 

Arcano VII – O Carro

 

Palavras-Chave:

Ø  Sucesso

Ø  Pequenas viagens

Ø  Projectos

Ø  Motivação

Expressões-Chave:

Ø  Sucesso nos seus objectivos

Ø  Auto controle

Ø  Aprender a não divergir do seu caminho

Ø  Aventureiro e destemido

Factores Sentimentais:

Potencia a emancipação e ímpeto da pessoa.

Factores Materiais:

Sucesso facilitado e alto nível de progresso.

Factores Mentais:

Determinação no atingir dos seus objectivos.

 

Significado da carta O Carro

 Representa o auto controle, a confiança e rectidão nos nossos actos. Poderá ser você o verdadeiro impulsionador destas características, ou alguém que exerce essa influência em si de forma a ajudá-lo a cumprir os seus objectivos.

No caso de se tratar de uma influência externa, tenha cuidado ao avaliá-la pois inicialmente poderá parecer-lhe demasiado autoritária ou exigente, mas que no entanto poderá vir a revelar-se a sua verdadeira ajuda no cumprimento do seu caminho, ao mostrar-lhe o significado da verdadeira motivação, honra, e rectidão naquilo que faz. Se esta carta sair na posição Futura, então indica-lhe que irá conseguirá cumprir os seus objectivos com êxito e superar toda a sua oposição.

No entanto terá que avaliar com atenção qual a altura certa para agir e realmente tomar controlo da sua jornada espiritual e corpórea, pois essa escolha será essencial para o seu triunfo.

Ainda como carta futura, esta carta avisa-o expressamente que cabe-lhe a si tomar total controlo da sua vida, reprimindo as suas emoções se necessário e focar-se naquilo que realmente lhe interessa de uma forma aventureira e destemida.

Caso esta carta esteja a ser considerada como obstáculo, poderá significar que está a ser alvo de influências externas impeditivas dos seus objectivos, estas influências poderão estar a ser demasiado controladoras e autoritárias e que você terá que contornar isso.

Ou também poderá significar que você está a ser demasiado controlador e egocêntrico fazendo-o errar nas suas opções simplesmente porque não ouve mais ninguém a não ser a si próprio. O Carro incita-o a dar atenção às coisas e pessoas que o rodeiam.

 

 

 

Arcano VIII – A Força

 

Palavras-Chave:

Ø  Dominio

Ø  Compaixão

Ø  Força

Ø  Consciencialização

Ø  Entusiasmo

Expressões-Chave:

Ø  Tomar controlo da sua vida

Ø  Enfrentar os factos

Ø  Triunfo

Ø  Auto responsabilização

Factores Sentimentais: Emana amor e paixão.

Factores Materiais:

Reúnem-se as condições ideais para a concretização das suas ideias.

Factores Mentais:

Ênfase ao planeamento e estudo de projectos que se irão concretizar.

 

Significado da carta A Força

A carta A Força interpreta a sua força mental, ímpeto e audácia, não está relacionada com a sua força física como muitos poderão julgar. Esta carta informa-o que deve preparar-se para enfrentar qualquer prenúncio ou mau presságio de problemas vindouros com toda a sua determinação e entusiasmo. Poderá mesmo ter que recorrer a medidas radicais e enérgicas para conseguir cumprir os seus objectivos.

Cuidado para não confundir esta toma de medidas extremas, como algum tipo de manifestação física, pois esta carta adverte-o que apenas conseguirá cumprir o que deseja se usar a sua força mental e emocional em conjunto com a sua compaixão e altruísmo.

Esta carta indica-lhe que deve usar os seus sentimentos altruístas nas suas decisões, provavelmente terá que saber desculpar alguém, ou desprezar algum tipo de acção que lhe tenha feito mal. Em muitos casos mais vale deixar a tormenta passar do que partir para a enfrentar.

No caso de estar a colocar uma questão sobre um relacionamento amoroso então esta carta está a dizer-lhe que poderá estar a dar muito de si próprio e não colher nada em troca do seu parceiro.

No que diz respeito a carta Futura, então você deverá usar a sua compaixão, auto consciência e entusiasmo para conseguir alcançar o que deseja.

Usando a sua força mental aliada à sua força espiritual obterá resultados positivos do ambiente que o rodeia.

A Força indica-lhe para usar sempre o altruísmo nas suas decisões.

 

 

 

Arcano IX – O Eremita

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Separação

Ø  Reflexão

Ø  Demora

Ø  Procura

Ø  Segredo

Expressões-Chave:

Ø  Receio de divulgar segredos

Ø  Isolamento de um relacionamento

Ø  Anseio de isolamento

Ø  Maturidade

Ø  Demanda de conhecimento espiritual

Ø  Procura de orientação

Factores Sentimentais:

Deseja paz nos seus relacionamentos íntimos.

Factores Materiais:

Projectos de longo termo e de progressão lenta. Propício ao aparecimento de diversos obstáculos.

Factores Mentais: Dá muito valor ao planeamento e preparação atempada.

 

Significado da carta O Eremita

Normalmente espelha a sua necessidade de isolamento, de se afastar um pouco do seu dia-a-dia para conseguir meditar sobre o seu “eu” interior e investir no seu alargamento espiritual.

Esta carta, de uma forma geral avisa-o que é tempo de parar e pensar.

Evite acções precipitadas que poderão levá-lo a becos sem saída ou levar outros a segui-lo erradamente.

No caso de relacionamentos, mais uma vez, esta carta adverte-o para parar e pensar antes de tomar as suas decisões, cuidado com os relacionamentos a longo prazo, talvez seja necessário encontrar-se a si próprio antes de encontrar o seu parceiro.

Como carta futura, adverte-o que deve colocar os seus planos em espera até se auto consciencializar do que realmente é positivo. Se esta carta for colocada em situação de Passado, O Eremita indica-lhe que você escolheu ocultar da sua memória determinados acontecimentos, ou se recusa a enfrentar certos eventos traumáticos que ocorreram no passado.

Como obstáculo, esta carta indica-lhe que a sua vontade de isolamento e exílio estão a provocar a sua situação actual, e que deve lutar contra esse tipo de sentimentos para poder vingar.

De forma geral, O Eremita pede-lhe para  seguir as suas convicções e a acreditar em algo superior para conseguir vencer os seus obstáculos e seguir o seu caminho de uma forma mais iluminada.

As suas convicções ou crenças poderão ser uma divindade, anjo protector ou qualquer outra força inexplicável que o guie no seu percurso. O Eremita designa espírito de sacrifício e investimento em si próprio.

 

 

 

Arcano X – A Roda da Fortuna

 

 

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Necessidade

Ø  Destino

Ø  Altura de mudança

Ø  Objectivo

Expressões-Chave:

Ø  Mudança constante

Ø  Deixar-se levar

Ø  Repetição das experiências e ciclo de vida

Ø  Eventos inesperados

Ø  Início de algo a cada momento

Factores Sentimentais:

Probabilidade de novos eventos emocionais, sendo propício o aparecimento de inquietação e frenesim.

Factores Materiais:

Possibilidade da criação de instabilidade com a vinda de novas mudanças.

Factores Mentais: Incoerência de pensamentos e ideias sem nexo.

 

Significado da carta A Roda da Fortuna

A carta A Roda da Fortuna é uma das cartas mais expressivas da sorte, fortuna e oportunidade. Mas não é necessariamente uma carta positiva, pois pode-lhe indicar boa sorte ou má sorte. Tudo irá depender das suas decisões e atitudes, pois estas irão decidir para que lado penderá a balança, se para a boa sorte ou para a má sorte.

Esta carta se for lançada na posição Obstáculo, diz-lhe que não deve simplesmente atribuir todos os seus infortúnios à sua má sorte actual, mas que deve olhar para si mesmo, analisar bem as suas atitudes e opções para determinar realmente qual a razão da sua situação. Se não o fizer, essa sua falta de consciencialização dos seus actos irá piorar ainda mais a sua situação.

Como carta presente, indica-lhe que está preparado para a oportunidade de um novo começo, o início de um novo passo na sua vida,

independentemente do que possa estar a sentir neste momento. Mas lembre-se de que deve ponderar bem as suas decisões e responsabilizar-se a si próprio das suas opções e não tudo aquilo que o rodeia. Portanto, ao ser bem sucedido, irá sentir-se rejuvenescido e com uma sensação eufórica de bem-estar, ao aperceber-se que conseguiu o que tem pelo seu trabalho árduo e decisões difíceis. Ao nível de relacionamentos a Roda da Fortuna pode representar uma paixão passageira, ou uma fuga a um relacionamento como forma de evitar acatar as responsabilidades.

De uma forma geral, esta carta diz-lhe que deve seguir em frente, estar atento às oportunidades e encarar novos eventos como uma nova aventura entusiasmante. Esta carta sugere-lhe para estar preparado para as oportunidades da vida.

 

 

Arcano XI – A Justiça

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Justiça

Ø  Acção Reacção

Ø  Equidade

Ø  Equilibrio

Expressões-Chave:

Ø  Arcar as responsabilidades

Ø  Importância da intercomunicação

Ø  Pensamento frio e objectivo

Ø  Assimilação da verdade

Ø  Tomar em consideração múltiplos pontos de vista

Factores Sentimentais:

Poderá agoirar uma separação ou divórcio.

Factores Materiais: Ter atenção aos perigos da mudança. Deve-se ter muita precaução.

Factores Mentais: Apela à metodologia e organização para garantir a estabilidade.

 

Significado da carta A Justiça

A carta A Justiça representa o equilíbrio, estabilidade e justiça na vida. Mas atenção que nem tudo o que é para uma pessoa é igual para outra.

Esta carta avisa que temos que ser justos e usar o nosso discernimento para avaliar as situações. Talvez esteja a ser demasiado emotivo nas suas decisões e que isto lhe esteja a prejudicar a sua visão real das situações.

De uma forma geral, esta carta avisa-o que deve concentrar-se na racionalidade e objectividade dos seus pensamentos de forma a não perder a consciência do que realmente deseja.

Devemos fazer uma introspecção e examinar o nosso “eu” interior para que consigamos realmente descortinar o que desejamos. Esta acção de análise interior irá permitir-lhe visualizar a verdade inquestionável, e não apenas uma verdade diminuta ofuscada pelos seus sentimentos. Esta descoberta da verdade poderá indicar-lhe que se encontra no rumo certo, ou que terá que admitir determinados erros e proceder à sua correcção.

Em carta Presente, significa que é capaz de ter uma visão objectiva e racional dos acontecimentos e agir de acordo.

Como carta de Passado indica-lhe que admitiu vários erros do passado, que várias opções foram feitas erradamente e que agora que analisou e admitiu os seus enganos que está pronto para seguir em frente.

Como carta do Futuro quaisquer pactos, questões jurídicas e pagamento de dívidas irão ser resolvidas no futuro de forma positiva desde que mantenha a sua visão realista das coisas e tome em consideração múltiplos pontos de vista. A Justiça diz-lhe para se focar na racionalidade das suas ideias.

 

 

Arcano XII – O Enforcado

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Dificuldades

Ø  Mistério

Ø  Sacrificio

Ø  Mudança

Ø  Sofrimento

Expressões-Chave:

Ø  Aborrecimento na vida

Ø  Rejeição de dominação

Ø  Necessidade de uma penitência

Ø  Relacionamento estancado

Factores Sentimentais:

Grande probabilidade dos seus sentimentos não serem correspondidos.

Factores Materiais:

Grandes obstáculos irão impor-se e impedir a conclusão de objectivos.

Factores Mentais: Altura de obsessões e desilusões.

 

Significado da carta O Enforcado

A carta O Enforcado representa o mistério paradoxal, sacrifício, frustração e readaptação.

Esta carta é um forte sinal que você se encontra num dilema, numa situação enigmática e que precisa de avaliar muito bem a situação presente e passada antes de dar o próximo passo.

Esta carta demonstra a sujeição ao sacrifício e penitência e na situação Presente significa o cruzar de ideias e pensamentos, indicando-lhe que deve dar alguns passos para trás e pensar profundamente em todas as questões envolventes de forma a conseguir sair das suas dificuldades. Isto também é válido mesmo que se encontre actualmente numa situação de um relacionamento íntimo pouco claro ou até mesmo se estiver numa fase pós trauma emocional.

Numa situação de Futuro, esta carta adverte-o para se preparar para mudar de pensamentos e adaptar-se à sua intuição de forma a poder insistir com o realizar dos seus objectivos.

Se a sua questão colocada for relacionada com uma paixão sua, então deverá pensar no que realmente deseja, e fazer exactamente o contrário. Ou seja, se tiver uma ânsia enorme de se declarar à sua paixão, então é muito provável que deve fazer exactamente o contrário e deixar-se ficar como está até que esta venha ter consigo.

Esta carta torna-se complexa porque não tem a ver com aquilo que você deseja fazer, mas sim com aquilo que deseja que aconteça, daí se tornar pouco ortodoxa e facilmente mal interpretada. Assim, se quiser fazer algo de uma forma, faça-o de forma oposta e terá aquilo que pretende, é este o verdadeiro misticismo paradoxal da carta O Dependurado. O Dependurado no geral, representa uma situação enigmática.

 

 

Arcano XIII – A Morte

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Renascimento

Ø  Mudança

Ø  Novos nascimentos

Ø  Renovação

Ø  Transformação

Expressões-Chave:

Ø  Fim de um ciclo e começo de um novo

Ø  Libertar do passado e confiança em si próprio

Factores Sentimentais:

Representa a mágoa e sofrimento.

Factores Materiais:

Apela à mudança presente ou futura.

Factores Mentais:

Representa o cepticismo e mudança de visão gradual.

 

Significado da carta A Morte

A carta A Morte é normalmente muito receada. E por vezes, até interpretada literalmente pelos menos informados.

No entanto esta carta é bastante positiva, pois embora agoire o fim de algo também prevê o início de um ciclo novo, uma nova mudança que trará energias positivas e benéficas.

Quando esta carta é lançada, seja qual for a posição, é sempre indicativa de mudança. Seja esta passada e que já se tenha dado, presente e que se esteja a dar actualmente ou que exista essa necessidade, ou futura e que ainda irá acontecer.

Pode estar relacionado com uma situação financeira, de saúde, amorosa ou qualquer outro tipo de questão, mas indica sempre a transformação um novo nascimento ou limpeza de algo na sua vida.

Como carta de Presente você terá que passar por uma transformação na sua vida, poderá estar preocupado com as consequências dessa transformação, mas que é necessária para a continuação do seu caminho.

Se sair na posição Futuro então deve acautelar-se para novas transformações que se avizinham. Um novo nascimento ou início de ciclo irá dar-se brevemente e deve abraçá-lo construtivamente, libertar-se do seu passado e aceitar a mudança que cai sobre si da melhor forma.

Como Obstáculo esta carta diz-lhe que você tem receio da mudança, que pensa que lhe trará infortúnios se a aceitar. Você poderá estar a ser influenciado negativamente pela mudança por tentar rejeitá-la, e esta carta avisa-o que deve entrar em sintonia e aceitar a transformação pois senão não irá conseguir seguir em frente.

Esta carta é sinalizadora de transição e mudança nas nossas vidas.

 

 

Arcano XIV – A Temperança

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Rectidão

Ø  Confiança

Ø  Evolução lenta

Expressões-Chave:

Ø  Concordância e percepção

Ø  Consideração pela colaboração

Ø  A temperança potencia o sucesso

Factores Sentimentais:

As afinidades entram em monotonia existindo estabilidade mas sem paixões fogosas.

Factores Materiais:

Poucas novidades e progressos lentos embora positivos.

Factores Mentais:

Valoriza os pensamentos e integração nos acontecimentos.

 

Significado da carta A Temperança

A carta A Temperança significa que a sua condição social está a ser bem orientada. Que consegue ajustar as suas capacidades correctamente e de forma equilibrada. Esta carta representa a harmonia e a estabilidade necessária que antecede a transformação.

A Temperança sugere-lhe que a virtude se tornou de extrema relevância para si, e que só através dela é que conseguiu a temperança, estabilidade mental e emocional que lhe irão permitir atingir os seus objectivos em pleno. Também o ajuda a compreender que se conceder a si próprio alguns pequenos prazeres da vida, que irá estar a contribuir para um maior equilíbrio emocional e espiritual.

Caso esteja a tentar decidir-se por um determinado rumo, encontrará a solução muito mais facilmente se empregar os seus dons naturais para lidar harmonicamente com o que o rodeia. Conseguindo assim um maior entendimento ao colocar-se na pele das outras pessoas e tendo a capacidade de percepção de outros pontos de vista, concede-lhe um poder maior sobre como lidar com determinada situação.

Como carta na posição Presente, A Temperança indica sempre que deve usar o seu autocontrolo, rectidão e temperança nas relações com outros para que facilite a conciliação e o sucesso.

Se a carta for lançada na posição Obstáculo então esta carta poderá estar a indicar-lhe que é demasiado permissivo ou concordante. Ao tentar agradar a todos acabará por negligenciar-se a si próprio.

Como carta de Futuro, diz-lhe que irá conseguir ter o que deseja mas apenas através da procura do equilíbrio e situação intermédia. Brevemente irá existir claridade, entendimento e reciprocidade através de uma solução intermédia. Esta carta no geral transmite-nos uma temperança tranquilizante.

 

 

Arcano XV – O Diabo

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Anti-espiritualista

Ø  Viver enganado

Ø  Ambição

Ø  Desejo

Expressões-Chave:

Ø  Ganância e ambição descomedidas

Ø  Reacções involuntárias ou acriançadas

Ø  Mentira e desejo numa relação

Ø  Sujeito a influências externas

Ø  Energias negativas

Factores Sentimentais:

Ciclo muito passional e dado aos deleites da vida.

Factores Materiais:

Propício a trazer inúmeros bens materiais.

Factores Mentais: Indivíduo talentoso e inteligente cujos obstáculos são ultrapassados facilmente.

 

Significado da carta O Diabo

A carta O Diabo prenuncia a realização material, a ambição de algo maior e até mesmo uma obsessão compulsiva por fortuna ou desejos carnais.

 Esta carta na verdade refere-se ao nosso adversário interior, os nossos medos e ideias preconcebidas que acabam por condicionar as nossas acções. Este nosso diabo interior provoca-nos a falta de visão, falta de perspicácia e fantasias que nos provocam grande parte dos nossos problemas. Esta carta surge normalmente quando estamos completamente perdidos e desorientados em relação a algo.

O Diabo indica-nos que devemos conhecer melhor as nossas restrições, executar uma introspecção e tentar descobrir e clarificar melhor os nossos medos e receios, que tentemos compreender que não podemos continuar agarrados a uma visão egocêntrica e simplista do mundo que nos rodeia ou até mesmo viver de acordo com o que os outros acham que deve ser. Ao lançar a carta questione-se se o que realmente deseja é realmente vontade sua ou de outros. Tente sempre seguir as suas ideias e cuidado com outras ideias preconcebidas que lhe poderão estar a martirizar ou a impedir o atingir dos seus objectivos. Caso esta carta seja lançada como carta Presente, poderá significar que você está interessado em envolver-se com alguém, e que poderá estar a confundir os seus sentimentos. Poderá estar apenas interessado na outra pessoa pelo seu dinheiro ou apenas por interesse sexual e não de amor. Se lançar a carta como Obstáculo, nesse caso é provável que você esteja a viver uma mentira, talvez imposta por si próprio sem se aperceber. Como carta de Futuro, avisa-o que terá de combater a tentação,  desejo, poder, ganância e ambição. Esta carta é geralmente muito egocêntrica mas nem por isso negativa.

 

 

Arcano XVI – A Torre

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Queda

Ø  Interrupção externa

Ø  Imprevisibilidade

Ø  Destruição

Ø  Doença

Expressões-Chave:

Ø  Desgraça do sucesso

Ø  Rapidez de integração e ajuste

Ø  Confusão à sua volta

Ø  Fim do ciclo antigo, para o começo de um novo

Ø  Transformação drástica

Ø  Problemas imprevistos

Factores Sentimentais:

Provoca mágoa e padecimento. Prenuncia grandes desilusões.

Factores Materiais:

Prevê perdas muito altas

Factores Mentais:

Desnorteamento e confusão, normalmente a pessoa encontra-se transtornada.

 

Significado da carta Torre

A carta A Torre ou também conhecida por A Casa de Deus anuncia eventos inesperados, que algo irá mudar ou provocar uma transformação súbita. Esta é normalmente uma transformação externa, algo que vem de fora que nos influencia directamente e que pode libertar a nossa visão sobre determinados assuntos.

A Torre representa as fundações que você construiu, a estrutura sobre a qual assenta a sua vida.

Como pode ver por esta carta, o seu simbolismo arquétipo representa uma torre cujos quartos se encontram em chamas, indicando-lhe que muitas das coisas que mantém guardadas nesses quartos devem ser deitadas fora o quanto antes, emoções antigas, sentimentos destroçados e preconceitos.

Esta carta diz-lhe que actualmente esses quartos são o seu pior inimigo para alcançar os seus objectivos. O relâmpago que atinge a alto da torre representa a sua necessidade de mudança, que algo deve ser mudado com urgência. Deve seguir em frente e deitar fora os seus sentimentos antigos que o estão a reter.

Normalmente esta carta representa sempre uma influência externa que surge ou que ainda irá surgir na sua vida, consoante se é uma carta na situação Presente ou Futuro, e pode estar relacionado com alguém ou algum conjunto de circunstâncias sobre as quais não tem qualquer tipo de controlo. Esta libertação que vem de fora poderá ser-lhe agradável ou desconfortável mas é sempre necessária para o ajudar a libertar-se e seguir em frente.

A Torre no geral representa as fundações da sua vida.

 

 

Arcano XVII – A Estrela

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Protecção

Ø  O Equilíbrio do mundo

Ø  Perfeição

Ø  Karma

Ø  Orientação

Expressões-Chave:

Ø  Alcance de um desejo

Ø  Visualizar o alcance dos seus objectivos

Ø  Confiança no seu sucesso

Ø  Profetizar o seu caminho

Factores Sentimentais:

Probabilidade elevada de início de novas relações.

Factores Materiais:

Boa perspectiva de resolução de problemas e objectivos.

Factores Mentais:

Óptima visão e juízo de critério na tomada de opções.

 

Significado da carta A Estrela

A carta A Estrela é interpretada como sendo o grande embaixador do sentido de orientação no universo. Um verdadeiro guia que nos ajuda a desbravar caminho no desconhecido.

Esta carta indica-lhe que você se encontra no zénite máximo da sua consciência, em total sintonia com o que o rodeia e vivendo harmonicamente com o mundo espiritual e etéreo perspectivando-lhe assim um futuro extremamente sorridente.

A Estrela significa assim a esperança, o auxílio súbito, uma visão abrangente e clara, inspiração e orientação.

Caso a carta seja lançada para uma situação Presente, então você provavelmente encontra-se motivado e confiante em si próprio. Este estado de espírito é extremamente importante para que você consiga criar as suas próprias oportunidades, sejam estas no amor, no meio profissional ou em objectivos financeiros a que se propôs atingir.

Em caso de interpretar esta carta para um lançamento na posição Futuro, então A Estrela adverte-o que experienciar uma manifestação da realidade muito brevemente, irá ser-lhe revelada a verdade sobre uma determinada questão de uma forma certamente encantadora.

Esta carta também prenuncia boas condições de saúde e excelente altura para executar introspecções espirituais.

De uma forma geral esta carta apresenta particularidades e características muito benéficas para si. Mas se esta carta lhe for apresentada na posição Obstáculo então terá que ter cuidado com as metas que impôs a si próprio, pois existe uma grande probabilidade de não as conseguir cumprir de todo por serem extremamente exigentes.

A Estrela no geral é uma carta benéfica e orientadora.

 

 

Arcano XVIII – A Lua

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Premonições

Ø  Receio

Ø  Instinto

Ø  Enganos

Expressões-Chave:

Ø  Guiar-se pelos seus instintos

Ø  Sonhos utópicos, dificuldade em aceitar a realidade

Ø  Confusão nos pensamentos

Ø  Pessoa em que não deve confiar

Ø  Stress e preocupações

Factores Sentimentais:

Sensações emotivas muito fortes, com forte tendência para os ciúmes.

Factores Materiais:

Forte potenciador de florescimento económico.

Factores Mentais:

Dá primazia aos instintos que por vezes dá azo a fantasias irrealistas.

 

Significado da carta A Lua

Esta carta está profundamente ligada à solidez e estabilidade da vida, a segurança que um ambiente familiar nos proporciona. Ao mesmo tempo que interpreta também o nosso lado negro, a nossa essência sombria e oculta que tenta emergir e sobrepor-se à nossa perspectiva do bem.

Esta carta, quando lançada, adverte-nos que devemos estar preparados para o enigma contínuo que rodeia a nossa vida, o mistério subjacente que condiciona as nossas escolhas e que raramente o reconhecemos.

A Lua avisa-nos que devemos consciencializar-nos da verdade e ter cuidado com as fantasias que nos poderão encaminhar para caminhos errados devendo sempre conseguir focalizar os nossos objectivos.

Se esta carta for lançada na posição Presente então poderá simbolizar a sua confusão actual acerca de qual o caminho a tomar. A Lua aconselha-o a fazer uma introspecção para que consiga descobrir quais os seus receios e assim conseguir eliminá-los, só assim poderá seguir em frente com sucesso por muito difícil que seja o seu caminho.

Para evitar todas as ilusões e receios que o rodeiam, tente seguir os seus instintos para que consiga aliviar o seu stress e preocupações, e assim clarear o seu juízo.

Ao ser lançada na posição Obstáculo, A Lua interpreta que os seus receios e incertezas lhe estão a bloquear a concretização dos seus objectivos ou que estão a provocar uma reacção de inaceitabilidade da realidade.

Como carta de Futuro indica-lhe que irão existir enganos futuros que o irão influenciar, estes enganos poderão advir de si próprio ou de alguém perto de si. A Lua é no geral uma carta simbolizadora da ilusão e utopia.

 

 

Arcano XIX – O Sol

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Sucesso

Ø  Protecção

Ø  Sonhos

Ø  Triunfo

Ø  Energia

Expressões-Chave:

Ø  Integridade

Ø  Auto-confiança

Ø  Satisfação íntima

Factores Sentimentais:

A paz e amor sobrepõe-se a tudo o resto.

Factores Materiais:

Grande probabilidade de ver os seus projectos bem sucedidos.

Factores Mentais:

Período de auto-consciencialização e esclarecimento.

 

Significado da carta O Sol

A carta O Sol interpreta a felicidade, integridade e auto-confiança. Esta carta quando lançada é considerada uma dádiva, que representa o sucesso nos seus projectos, crescimento profissional e júbilo nas suas relações íntimas.

O Sol é um arcano maior que tem a capacidade de nos mostrar novas ideias para alcançar os nossos objectivos dando-nos a força de vontade necessária para percorrermos o nosso caminho. Esta carta ilumina o nosso consciente e favorece a realização dos nossos sonhos mostrando-nos ainda que nos encontramos felizes espiritualmente, tendo um óptimo equilíbrio entre o nosso “eu” interior e o mundo etéreo.

O Sol é a imagem arquetípica do poder da vida, energia e elucidação que favorece a supressão da sombra do arcano anterior “A lua”. Esta carta exemplifica a ausência da sombra que o persegue. Tal como, quando caminhamos sobre o Sol forte do meio-dia a sua sombra raramente se nota. Como carta lançada na posição Presente, O Sol aconselha-o a aceitar o seu parceiro como é, e que não tente mudá-lo. Assim conseguirá obter o que há de melhor nele ao invés de deturpar a verdade e consequentemente trazer-lhe problemas futuros.

Para carta na posição Futura, esta é realmente uma carta risonha, que prevê grandes sucessos profissionais e amorosos. Novos eventos positivos que irão entrar na sua vida e que lhe irão proporcionar muitos momentos de alegria.

Como carta de Obstáculo, indica-lhe que poderá estar a encarar a vida de uma forma leviana, dando demasiada importância à sua felicidade actual e não às pessoas em seu redor. Este poderá ser um problema facilmente resolvido mas que se for descurado poderá causar-lhe vários problemas. O Sol representa a energia infindável do seu “eu” interior.

 

 

   Arcano XX – O Julgamento

 

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Mudança

Ø  Apelo espiritual

Ø  Transformação

Ø  Recompensas

Expressões-Chave:

Ø  Conformação com a realidade

Ø  Uma 2ª oportunidade

Ø  Pagar por erros passados

Ø  Aceitação de novos ideais

Factores Sentimentais:

Efeitos positivos no campo sentimental revelando também desejo e expectação.

Factores Materiais:

Grande probabilidade de inovações no plano material.

Factores Mentais:

Óptimo período para o favorecimento da intelectualidade.

 

Significado da carta O Julgamento

A carta O Julgamento afere grandes mudanças na sua vida e que decisões importantes serão tomadas em seu benefício.

O Julgamento indica-lhe que deverá libertar-se das suas ideias ortodoxas e que deverá abraçar novas perspectivas de vida quer estejam relacionadas com laços amorosos ou relacionamentos profissionais.

Esta carta de uma forma geral passa-nos a ideia de conformação com o que existe e a aceitação de novos ideais numa segunda oportunidade de endireitar o seu rumo.

O início de um novo ciclo positivo aproxima-se, caso aceite esta oportunidade de admitir as suas atitudes, aprender com os erros e seguir em frente.

Na posição de lançamento Obstáculo, O Julgamento indica-lhe que está a ser alvo de escárnio de outros ou que se está a responsabilizar em demasia por algum feito cometido por si. Talvez o problema até esteja na sua visão negativa de algo que esteja a acontecer a outra pessoa, e que se culpe de tal acontecimento. Esta carta avisa-o que deverá deixar para trás este tipo de pensamentos destrutivos de si próprio e avançar em frente.

Quando lançada como carta de Futuro, sugere-lhe que deverá ter que enfrentar a realidade brevemente ao invés de fugir às suas responsabilidades.

Com esta carta tem agora uma segunda oportunidade para se redimir do passado e aceitar novos desafios e ideais providenciando-lhe uma nova emancipação espiritual que o ajudará a enfrentar os impedimentos na sua vida. O Julgamento simboliza sempre uma segunda oportunidade.

 

 

Arcano XXI – O Mundo

 

 

Palavras-Chave:

Ø  Satisfação consigo próprio

Ø  Destemido

Ø  Sucesso

Ø  Autonomia

Expressões-Chave:

Ø  Perfeição nas soluções dos seus problemas

Ø  Êxito total nos seus projectos

Ø  Bem-estar espiritual e material

Ø  Ter o que sempre desejou

Ø  Gratificação pelo trabalho árduo

Factores Sentimentais:

Dá importância ao autêntico e virtuoso para que consiga alcançar os seus propósitos.

Factores Materiais:

Facilidade na obtenção dos frutos do seu trabalho.

Factores Mentais:

Novos projectos se avizinham, condições ideais para o intelecto aplicável.

 

Significado da carta O Mundo

A carta O Mundo é uma das melhores cartas para ser lançada.

É uma carta positiva em qualquer lançamento, significa sempre o sucesso, vitória e perfeição na sua vida.

Os acontecimentos em causa terão sempre um desfecho benéfico caso esta carta seja lançada.

Indica-lhe a sua satisfação pessoal presente ou futura, e que terá o que sempre desejou.

Esta carta é tão positiva porque finalmente você tem total consciência de quem é, de quais os seus limites, potencialidades e fraquezas.

A própria visão do seu “ser”, tanto interior como exterior é um factor determinante no atingir dos seus objectivos. Esta auto-consciencialização levá-lo-á a superar todas as suas dificuldades, presente ou futuras e materiais ou espirituais.

Como carta Futura, indica-lhe que o êxito total se aproxima, em qualquer relacionamento ou empreendimento material. Esta carta mostra-lhe a sua relação de proximidade com o mundo que o rodeia e que não deverá ter receio em iniciar um empreendimento arriscado ou uma nova relação íntima.

Se O Mundo for lançado na posição Obstáculo, continua a ser uma carta positiva mas avisa-o que talvez tenha que ter cuidado para não se deixar levar por concepções demasiado idílicas. Tenha cuidado com a sua visão do mundo, tente ver apenas a realidade e agir conforme de maneira a evitar problemas de realização dos seus projectos. Nesta situação talvez seja necessário algum tempo de introspecção para separar o trigo do joio.

O Mundo é de uma forma geral, o simbolo máximo do sucesso.


title